(Ex.: Montadora, veículo, versão, ano, produto)
Translate: BR EN ES
 

O Novo Troller T4 surgiu em alto estilo na Avenida Europa, bairro dos Jardins, São Paulo. Escoltado por uma carreata de jipeiros com exemplares do modelo T4 atual, a nova geração do utilitário de origem cearense descendo de um caminhão-plataforma e atraiu a atenção de motoristas na via, pedestres, jornalistas e clientes da marca, que logo após se amontoaram para conhecer cada detalhe do off-road 100% brasileiro.

Com visual muito mais parrudo, robusto e musculoso, o Novo Troller T4 inicialmente lembra um pequeno Hummer. Mais longo e largo, o 4×4 do Grupo Ford realmente impressionou de forma positiva os presentes no evento. O DNA off-road da marca nacional foi reforçado, destacando-se faróis quadrados, capô com entrada de ar lateral, para-lamas proeminentes, estepe na tampa traseira e estribos integrados.

Pintado de cor laranja com detalhes em cinza e grafite, o Novo Troller T4 – ainda em fase de protótipo – também revelou novas lanternas traseiras em LED (a versão de produção deverá ser lâmpadas normais) e desenho interno lembrando um “T”, para-choques com novo formato, carroceria em composto de fibra de vidro, rodas de liga leve aro 17 e suspensão elevada.

A grade na cor cinza também reforça a imagem de robustez, assim como faróis de neblina fixados sobre as barras do para-choque, que ainda dispõe de dois ganchos para reboque. O Novo Troller T4 estará pronto para receber adaptações e acessórios, tais como snorkel e guincho elétrico, por exemplo. No entanto, pelo menos no protótipo, a parte superior do teto não pode ser removida, item prontamente apontado por proprietários presentes no evento.

No teto, o Novo Troller T4 dispõe de dois vidros que ampliam a iluminação interna e são chamados de “sky-roof”. A tampa traseira abre em sentido esquerdo, tendo estepe fixado na parte exterior e um pequeno espaço para bagagens. O volume parece um pouco menor que o do Novo EcoSport. O banco traseiro é bipartido e amplia a capacidade.

Os bancos dianteiros são basculantes para acesso ao espaço traseiro. O espaço não é dos melhores, mas para sua função, no Novo Troller T4 está mais do que aceitável. O painel de instrumentos é o mesmo da Ranger e o conjunto geral é bem Ford, destacando-se os três difusores de ar circulares no alto, difusores laterais verticais e sistema de áudio 2din.

O Novo Troller T4 utiliza motor diesel Ford Duratorq 3.2 de cinco cilindros e transmissão manual de seis marchas. O conjunto é o mesmo da Ranger, mas apresenta calibração diferente. A empresa faz mistério em relação à potência, que pode chegar a 200 cv, substituindo o MWM 3.2 de 165 cv. A Ford testou o novo utilitário por mais de 200.000 km no Campo de Provas de Tatuí, interior de São Paulo, além de 53.000 horas de desenvolvimento virtual e 22.000 horas de testes virtuais.

No restante do conjunto mecânico, eixo rígido dianteiro e traseiro com três diferencias (um central), molas helicoidais e amortecedores, barras estabilizadoras e freio a disco nas quatro rodas deverão ampliar as qualidades já conhecidas no atual T4, que é vencedor do Rali dos Sertões e destaque principal na Copa Troller, o maior rali de regularidade do Brasil.

[Fonte: Notícias Automotivas]