(Ex.: Montadora, veículo, versão, ano, produto)
Translate: BR EN ES
 

Até então inexistente no mercado brasileiro, o segmento de SUVs 4×4 movidos a combustão e eletricidade acaba de ganhar seu primeiro representante no País. A Mitsubishi anunciou nesta segunda-feira (22) a chegada do novo Outlander PHEV, que estará presente no Salão do Automóvel de São Paulo e começa a ser vendido no primeiro trimestre de 2015, com preço de R$ 190 mil.

O novo Mitsubishi Outlander PHEV vem equipado com um motor 2.0 litros MIVEC a gasolina no ciclo otto, capaz de entregar 121 cv de potência a 4.500 rpm e 19,4 kgfm de torque, também a 4.500 giros, e outros dois elétricos síncronos com imã permanente, sendo um instalado no eixo frontal e outro no eixo traseiro, cada um com 82 cv, mas com 14 kgfm no primeiro e 19,9 kgfm no segundo. Com isso, o modelo entrega potência combinada de 285 cv e torque de 53,3 kgfm.

O sistema pode atuar em três modos diferentes: 100% elétrico (os motores elétricos movimentam o veículo usando a energia acumulada nas baterias), híbrido em série (os motores elétricos movimentam o veículo usando energia das baterias ou do gerador. O motor à combustão é utilizado apenas para acionar um gerador que produz eletricidade quando o nível da bateria está baixo, ou para aumentar a potência, ao acelerar rapidamente ou em aclives muito íngremes) e híbrido paralelo (o motor à gasolina traciona o veículo em conjunto com os motores elétricos quando uma potência extra é necessária).

O motorista pode optar pelo botão “Charge”, que otimiza o uso do motor à gasolina para carregar a bateria, e também do modo “Save”, que reduz o consumo de energia da bateria. O PHEV vem equipado ainda com modo regenerativo, que usa a energia cinética gerada durante a frenagem para recarregar as baterias.

O sistema de tração é o S-AWC (Super All Wheel Control), com acionamento por botão tipo Push/Leave e dois modos de operação: Auto e 4WD Lock.

Por se tratar de um híbrido plug-in, o Mitsubishi Outlander PHEV pode ser recarregado em uma tomada convencional de 110V ou 220V, com tempo médio de cinco horas caso o conjunto esteja totalmente descarregado. Em grandes cidades, o motorista pode optar pelos quick chargers, que carregam até 80% da bateria em, no máximo, 30 minutos. O cabo de energia para carregar o Outlander PHEV fica em um compartimento embaixo do assoalho do porta-malas.

Entre os itens de série, destaque para a tela LCD de 4,2 polegadas que exibe o nível de carga, modo de condução selecionado, fluxo de energia do sistema PHEV e outras funções, que podem ser visualizadas com um toque no botão.

Há ainda a possibilidade de monitorar as informações do veículo por um aplicativo, via smartphone ou tablete, como controlar remotamente o tempo necessário para recarregar a bateria, agendar um horário para iniciar e terminar a recarga, monitorar a carga restante em tempo real e programar o acionamento do ar-condicionado e aquecedor.

Nos demais equipamentos, há piloto automático adaptativo, sistema de frenagem de emergência, sistema de alerta de mudança de faixa, controle de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas e o AVAS (Acoustic Vehicle Alerting System), que emite um som que simula ruído de rolamento até 36 km/h durante a aceleração ou abaixo de 32 km/h durante a desaceleração, para alertar os pedestres da sua aproximação, em virtude do baixíssimo som emitido pelos motores elétricos.

No visual, o Outlander PHEV conta com grade dianteira cromada integrada aos faróis de xênon super wide range, lanternas traseiras em LED, friso de cromado no contorno dos vidros, entre outros. A estrutura do modelo agora traz aços especiais de alta resistência, que resulta ainda em baixo coeficiente de arrasto, com apenas 0,33, que proporciona um menor nível de ruídos, baixo consumo, maior estabilidade e alta performance.

A suspensão dianteira é independente Mc Pherson, com molas helicoidais, barras estabilizadoras e a suspensão traseira é Multilink. As rodas são de liga-leve de 18 polegadas com pneus de perfil baixo 225/55 R18.

O Outlander PHEV estará disponível nas concessionárias Mitsubishi nas cores: White Pearl, Titanium Gray, Black Pearl e Technical Silver.

Imposto zero

Diferente de modelos como Ford Fusion Hybrid e Toyota Prius, o novo Mitsubishi Outlander PHEV não terá o benefício da redução de alíquota de 35% para zero, já que se trata de um híbrido do tipo plug-in.

[Fonte: Notícias Automotivas]