(Ex.: Montadora, veículo, versão, ano, produto)
Translate: BR EN ES
 

Além da nova SpaceFox, a Volkswagen também vai apresentar o Jetta renovado (que será feito em São Bernardo do Campo (SP) a partir do primeiro semestre do ano que vem) e as séries especiais Saveiro Surf e Amarok Dark Label no Salão do Automóvel, em São Paulo, entre 30 de outubro e 9 de novembro. Outra novidade será a versão esportiva conceitual Fox Pepper, com motor 1.6 de 120 cv. 

Saveiro Surf será ofecerecida apenas com cabine simples para garantir o máximo de espaço na caçamba. Com certo apelo esportivo, a picape leve vem com detalhes como a grade dianteira tipo colmeia em preto brilhante, realçada por um friso cromado. Os faróis dianteiros são duplos, com máscara negra, e os faróis de neblina, incorporados ao para-choque, são equipamentos de série. Na traseira, as lanternas são escurecidas e a luz de neblina também vem de fábrica. Os para-choques são pintados na cor da carroceria.

Por fora, as diferenças em relação às demais versões continuam com as rodas Sepang de aro 15 e com mais detalhes como  caixas de rodas trazem proteções pretas, da mesma forma que as soleiras laterais. Também é preto o santantônio, que acumula a função de aerofólio e permite apoiar objetos longos – caso das pranchas de surfe, por exemplo. Internamente, a Saveiro Surf tem acabamento de  ouro sintético Native, com o painel em cinza Palladium. Os pedais têm cobertura de alumínio. O motor é o conhecido 1.6 flex que rende até 104 cv com câmbio manual de cinco marchas.

Além da Saveiro especial, outra série limitada que estará exposta é a Amarok Dark Label. Essa picape vem com rodas de liga leve de 18 polegadas, pintadas de preto, cor também usada na carcaças dos retrovisores externos, na coluna central da carroceria, nos estribos, nas barras de proteção da caçamba, entre outros componentes. Além disso, a marca providenciou adesivos com a inscrição "Dark Label" nas laterais. Não há novidades no conjunto mecânico, que inclui  motor 2.0, turbodiesel de 180 cv e câmbio automático de oito marchas.

Protótipo apimentado

Para ajudar a promover o Fox Highline, com novo motor EA 211 1.6 de 16V e 120 cv, a Volkswagen criou o a versão conceitual Pepper (pimenta, em inglês). Não por acaso pintado de Vermelho Tornado, o carro vem com todos os equipamentos que o Fox mais caro da linha pode ter. Então, há controles eletrônicos de estabilidade (ESC) e tração (TC e ASR). Além disso, entre outros equipamentos, o carro vem com sistema multimídia com GPS embutido no painel.

 O interior exclusivo conta com saídas de ar com aros pintados de vermelho. Com a nova linguagem mundial de estilo, o volante é semelhante ao do Golf Highline, oferecendo comandos intuitivos dos sistemas de som e de telefonia, assim como do computador de bordo. Destaque para o cinzeiro com o logotipo da versão conceitual e a inscrição “Fox Pepper” em adesivo resinado.

Na parte externa do carro chamam atenção detalhes como os faróis auxiliares – que contam com aros pintados em preto brilhante – têm formato retangular e tripla função, funcionando como faróis de neblina, faróis de longo alcance. E estes faróis ainda tem a opção das luzes de conversão estática (também conhecidas por “Cornering lights”).

Também é destaque a grade frontal, em formato de colmeia e com friso vermelho horizontal, inspirada na do Golf GTI. Além disso, a máscara do farol é mais escurecida (menos metalização), conferindo maior esportividade ao modelo. Pouco abaixo dos retrovisores destaca-se o adesivo de uma pimenta, alusivo ao nome da versão. Além disso, as rodas são pintadas de preto fosco e há dupla saída de escape, entre outros itens exclusivos. 

[Fonte: Car And Driver]