(Ex.: Montadora, veículo, versão, ano, produto)
Translate: BR EN ES
 

A Renault já tem em seu site as versões de 1,0 litro de Logan e Sandero com o novo motor da linha SCE, apresentado no Salão de São Paulo, que será revelado à imprensa no dia 1/12. O três-cilindros de 12 válvulas, derivado do que equipa o Kwid indiano, será aplicado também à versão brasileira deste último no próximo ano.

O Sandero Authentique com novo motor tem preço sugerido a partir de R$ 42.400, enquanto o Expression custa R$ 44.950. A marca relança a série limitada Vibe com o 1,0-litro por R$ 47.100, com diferenças limitadas ao visual, como rodas de 15 pol em tom grafite e detalhes em azul e laranja no interior. Para o Logan os preços são de R$ 42.200 (Authentique) e R$ 46.300 (Expression). As versões 1,6 (Expression, Expression Avantage, Dynamique e, apenas no Sandero, a Stepway) permanecem com o antigo motor por enquanto. O SCE de 1,0 litro produz potência de 79/82 cv a 6.300 rpm e torque de 10,2/10,5 m.kgf a 3.500 rpm para levar o Sandero de 0 a 100 km/h em 13,1/13,0 s e à máxima de 160/163 km/h, sempre na ordem gasolina/álcool. Em relação ao original indiano, obtém até 14 cv e 1,3 m.kgf a mais.

Entre as novidades do SCE (Smart Control Efficiency ou eficiência de controle inteligente), estão comando de válvulas (duplo no 1,0, único no 1,6) com variação de tempo de abertura para admissão e escapamento, bloco de alumínio e alternador que recarrega mais a bateria em desacelerações. Logan e Sandero 1,6 ganham parada/partida automática e todos recebem assistência eletro-hidráulica de direção. A Renault anuncia redução de consumo de até 19% para os modelos 1,0 e de até 21% para os 1,6.

Mais adiante o SCE 1,6, de origem Nissan, será aplicado também a Duster, Duster Oroch e ao novo utilitário esporte Captur, neste caso com opção de transmissão CVT. Para Logan e Sandero será mantida a caixa automatizada Easy’R em alternativa à manual.

[Fonte: Best Cars]